Jump to content

Romulo Viana

Members
  • Content count

    8
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutral

About Romulo Viana

  • Rank
    New Member
  1. Seguidores Sérgio Abreu

    Já tive um Chagas e um Abreu. O Chagas, de 1999, é um instrumento excelente: volume moderado, afinação e equilíbrio perfeitos, e bastante projeção. O vendi para comprar um Abreu de 2011, tampo envelhecido: por mais que um Abreu seja o sonho de muitos violonistas, eu não gostei e o vendi alguns anos depois - achei a tocabilidade não muito boa para as minhas mãos. Atualmente tenho um Samuel Carvalho de cedro, e estou super satisfeito. O que me agrada nesse violão é justamente o que me fez vender o Sérgio: não precisar fazer tanta força na mão esquerda pra tocar. Nesses últimos 3 anos, tive a oportunidade de tocar em excelentes violões tradicionais gringos, como Andrea Tacchi, Paul Fischer, Jeffrey Elliot, David Hirschy, Robert Ruck e, embora sejam diferentes entre si, uma característica me chamou a atenção: todos são muito fáceis de tocar. Acho que é uma característica na qual os construtores brasileiros poderiam investir mais; daqui achei Arone, Jorge Raphael e Antônio de Pádua muito confortáveis. Sérgio Barbosa nunca experimentei, e também não achei o Roberto Gomes dos mais fáceis. Acabei esquecendo de responder à pergunta do tópico: não acho que sejam iguais, mas ao menos esses 2 exemplares - Sérgio e Chagas - tem o mesmo DNA sonoro, o que me agrada muito.
  2. Equalizador para violão

    Obrigado, Dilson! Vou conferir e testar antes. Sim, por isso eu "misturo" com C1000, o que deixa o timbre mais natural, e mantém o "punch" no som. A única coisa que incomoda é essa sobra de graves mesmo.
  3. Equalizador para violão

    Olá, amigos! Pesquisei aqui antes e confesso não encontrei nada sobre o assunto - caso haja algum tópico com essa informação, peço gentilmente que me encaminhem para lá. Possuo o seguinte setup: amplificador AER, microfone de contato akg C411, microfone AKG c100, pretube sonus e violão Samuel Carvalho DT cedro/cedro. Tenho tocado em alguns lugares como solista e percebido que, apesar de excelente, esse amplificador não dá conta de equalizar satisfatoriamente essa combinação de violão/microfones - sempre sobra um grave indesejado. Vocês teriam alguma sugestão de bom pre amp/equalizador para essa configuração? Além do tradicional pedal da boss, é claro. Um abraço!
  4. Marcus Tardelli, por onde andas???

    Ainda não sei nada sobre isso; a única coisa que ele comentou foi que repassei acima.
  5. Avião

    Sempre vôo de Tam e Gol com case rígido há pelo menos uns 4 anos e nunca precisei despachar não. Mas procuro sempre ser um dos primeiros a embarcar na aeronave - sempre que possível - e já colocar o violão no bagageiro. Caso esteja levando uma mochila ou algo assim, sempre coloco debaixo do banco.
  6. Marcus Tardelli, por onde andas???

    Galera, o Marcus está editando o que será um próximo cd(já gravado), com repertório de música brasileira. Porém, o mesmo ainda não possui data para lançamento, infelizmente.
  7. Página sobre Lutheria no Facebook

    Maravilha, Roberto! Lamento muito a sua saída do referido espaço, e felicito o novo. Abraço!
  8. Vendo violão Antônio de Pádua 2002

    Olá, meus amigos! Vendo um excepcional violão de 6 cordas feito pelo luthier Antônio de Pádua, em 2002. Tampo de cedro e laterais e fundo de um jacarandá baiano belíssimo. O instrumento se encontra no Rio de Janeiro. Fotos e maiores informações pelo email romuloviolao[ARROBA]gmail.com. Um abraço!
×