fernandofaria

Members
  • Content count

    97
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutral

About fernandofaria

  • Rank
    Member
  • Birthday 03/10/1986

Profile Information

  • Gender
    Male
  1. No caso da tv cultura, normalmente são colocado os programas que são produzidos pela casa. Quando o programa é de terceiro e é apenas exibido na tv cultura, depende muito do produtor ou dono do conteudo, liberar ou não. Se você olhar, já faz muito tempo que Ensaio, Sr Brasil, Viola e vários outros programas são disponibilizados no canal do youtube.
  2. Pessoal, não quis abrir outro tópico, já que a série foi discutida aqui, mas essa série vai ser exibida em tv aberta pela TV Cultura de São Paulo. Estreia hoje, dez da noite, ou seja, vai passar toda terça neste horário.
  3. Putz Adriano, aí muda totalmente de figura. Pelo que comentou achei que sua experiência anterior era apenas com tradicional de abeto. Como você tocou violões do mesmo luthier, com e sem soundport e ficou com essa impressão, sua avaliação acaba tendo muito mais peso. É algo a observar essa questão da projeção que você comentou. Porque se for "me ouvir melhor x a plateia me ouvir pior", a coisa muda muito de figura. É o que comentei anteriormente, se fosse a projeção e timbre se mantivessem e o músico ainda se ouvisse melhor, o violão só teria vantagens, não haveria motivo pra alguém encomendar um violão novo sem esse recurso. Certamente, se um dia eu for comprar um violão com soundport, possibilidade que já cogitei, serei mais cuidadoso pensando nisso que você comentou, checando se é mais bacana pra mim e também testando para as diferenças para quem está ouvindo e não apenas tocando o violão.
  4. O projeto tá bonito demais. Parabéns Canduta!
  5. Eu achei bem bacana também, parabéns! Tentem gravar mais. Como o Eugênio comentou a gravação ficou muito de longe.
  6. Eu ía perguntar justamente isso Fabiano. O que tinha feito você escolher um violão com soundport. Se você tem dois violões do mesmo autor: um com soundport e outro sem, acredito que seja a condição ideal para avaliar as diferenças entre eles. Alem da diferença ao tocar em grupo citada por você, ao tocar sozinho, você também sente diferença? É melhor pra você se ouvir mais? Já chegou a fazer algum teste se muda muito o som quando alguém está te ouvindo?
  7. Então Adriano, acho que sua percepção tem mais coisas além de ter soundport ou não tem soundport. Você estava com um violão de pinho e comprou um de cedro, só isso já causaria muita mudança no som. O cedro por si só, já é mais potente, mas também menos brilhante/colorido. Daí a minha dúvida se o que te incomodou foi simplesmente ter um violão com soundport ou a mudança de um violão tradicional de pinho para um violão de tampo composto de cedro, com soundport. O que eu acho que seria interessante era testar um violão de luthier x sem soundport e um violão com o mesmo tipo de construção, do mesmo luthier x com soundport. Quem fizer esse teste primeiro, poste os relatos aqui por favor. Ah! O Fabiano Borges ainda participa desse fórum, no último video dele, ele aparece com um violão que tem soundport, acho que seria uma opinião importante e bem construída, visto que ele toca o repertório clássico, mas também muita coisa brasileira.
  8. Mais volume com certeza não significa mais projeção. Acho que a questão é mais volume para quem toca, se ouvir melhor. Não acho que o fato de ter o furo a mais vai aumentar projeção pra quem está na plateia. O fato de me ouvir melhor eu acho que ajudaria. Vocês já devem ter passado pela situação de tocar em casa e ao tocar num palco, tudo soar mais alto, seja pela acústica do teatro, por ter mais espaço para o som do violão se projetar. Nessa situação, tudo fica maior, inclusive os errinhos. Fico pensando se um violão com soundport não poderia me aproximar mais dessa realidade já que, pelo menos em tese, estaria me ouvindo melhor. Acho interessante o depoimento do Adriano, mas ao mesmo tempo não dá pra tirar grandes conclusões, porque além do soundport, me parece que também teria a estranheza pelo fato do violão ser DT e de cedro. Se o Adriano estivesse usando tradicional de pinho antes, já sentiria muita diferença. Tendo o violão soundport ou não. Tá usando o que atualmente Adriano e principalmente, o que vc estava usando antes de ter o violão com soundport?
  9. Se aquela porta aumenta o retorno pra quem está tocando e não interfere (negativamente) na projeção para a plateia, fazendo o violonista se ouvir melhor, então poderíamos dizer que só tem vantagens, certo? Se só tem vantagem, qual a explicação para a maioria dos violões ainda não saírem com soundport? Apenas conservadorismo? .
  10. Marcos, eu também tenho muita curiosidade sobre esses violões com Soundport. Saber se realmente essa "saída" faz com que eu ouça algo mais próximo do que a plateia ouve depois do som projetado. O som que ouvimos ao tocar é um pouco diferente do que chega pra quem tá sentado, basta pedir para alguém da plateia gravar e ouvir as diferenças depois. Mais alguém tem experiencia com isso? Nesse video o Yamandu tá com um violão com esse corte, mas salvo engano, não é o que ele usa normalmente.
  11. Fantástico! Muito bom saber que vamos ter mais uma boa opção.
  12. São lindonas hein! Bacana esse "teste". É importante ter mais uma alternativa de mercado.
  13. Fabiano o que muda deste instrumento para o antigo? O antigo já era um Jorge Raphael, não era?
  14. Hoje eu vi uma nova opção de tarraxas, talvez seja mais fácil importar. Alguém conhece essas tarraxas? Também são muito belas e talvez mais em conta que as graf. http://issuu.com/mauriciogaraycid/docs/clavijeros
  15. Alguém chegou a testar? Eu não sabia que existia um violão assinado pelo Yamandu.