Mário Sampaio

Moderators
  • Content count

    2,760
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutral

About Mário Sampaio

  • Rank
    Old Member
  • Birthday 12/18/1980

Contact Methods

  • ICQ
    0

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    Rio de Janeiro - RJ, Brasil
  1. Dilson foi na veia.
  2. Eu mesmo comprei, há poucos meses, de um dealer, um violão Rogerio dos Santos de abeto e jacarandá baiano por R$ 2.500,00. Direto com o Rogério, é R$ 7.000.00.
  3. Acabei fechando a questão em um Silent. Vamos ver se funciona para o que eu pretendo (estudar tarde da noite no apartamento). Se, além disso, ficar bom com o Aura Spectrum, ainda vai me quebrar um galho nas apresentações com o grupo vocal, pela facilidade de transporte em comparação com o atual titular, o Antonio de Padua. Obrigado a todos pelos comentários, me ajudaram demais!
  4. Uso em um Antonio de Padua com Fishman Matrix Infinity.
  5. Vi na página da Godin. Parece que ele vem com um sistema Aura incluído. Boa sacada. Eu uso um pedal Aura Spectrum e gosto muito do resultado.
  6. Como são as simulações, Dilson?
  7. Tava na expectativa de você responder, Ivanhoé, sei que você saca muito disso. Obrigado pelos esclarecimentos! O Godin GC não rola para o meu propósito então.
  8. E os violões da marca Caimbé, alguém conhece?
  9. Oi, Pacheco. Tô ligado no lance da escala. Por isso mencionei o Godin Grand Concert e o Silent 130, pois estes alegam ter medidas semelhantes às do violão clássico. Valeu pelas impressões, Ruben! Eugenio, já tinha ouvido falar no Soloette, mas esse não tem pra vender no Brasil. Quando você diz que é o melhor que já viu, está comparando com quais modelos?
  10. Legal, Ruben. Fala mais aí o que vc achou dele. O braço é tipo violão clássico mesmo? A falta de corpo interfere muito na pegada, na tocabilidade?
  11. Queridos, Estou considerando comprar um violão que não tenha som acústico, pra poder estudar sem fazer barulho. Pensei no Godin Grand Concert ou no Yamaha Silent 130. Vocês tem experiência com esses instrumentos, ou outros semelhantes?
  12. Se vai tocar com outros instrumentos, eu fugiria de microfone. Ainda mais se não for o caso de ter uma bela equipe de som à disposição.
  13. Sons de Carrilhões e Romance de Los Pinos eu nunca esqueço, por mais tempo que fique sem tocar.
  14. Captador de contato realimenta muito. Em baixo volume rola, se o volume aumentar um pouco embola e começa a dar microfonia. Até o AKG C411, que é ótimo, tem essas restrições.
  15. Lembro de uma entrevista do Paulo Bellinati (acho que para a finada revista ViolãoPRO) em que ele disse que conseguia tocar com palheta o Estudo 1 do Villa-Lobos. Fazer isso no andamento usual do Estudo 1 é uma encrenca danada, tentem aí. É um belo exercício de palhetada alternada. Em tempo: só treino com palheta na guitarra. Não curto o som de palheta no violão clássico. E minha desenvoltura com palheta não passa nem perto de conseguir tocar o Estudo 1...