Jump to content
Sign in to follow this  
Camerata

Trastejar e cordas altas

Recommended Posts

Camerata    0

Olá amigos!

Estou com um violão aqui que acabou de ser feito, porém tem alguns problemas que não consigo entender.

Tem notas nas primeiras casas próxima à pestana que trastejam, como o mi na quarta corda, fá na quarta corda, ré da quinta corda...

Para este sintoma o mais lógico seria pensar que a pestana ou o rastilho está baixo, né?

Porém casas a frente, a partir da quinta casa, tem muita pestana que não inteira, e não é técnica pois saem em outros violões, até em di giorgios de fábrica. E quando tem esse problema, concluo que é a pestana ou o rastilho que está alto.

Então caí em soluções opostas, estou raciocinando errado? O que pode ser?

Eu vou levá-lo ao luthier, mas se for algo que eu possa fazer de imediato eu vou fazer, pois só posso levá-lo ao luthier dentro de no mínimo dois meses. Isso que está acontecendo pode ser porque o violão acabou de ser feito?

Desde já obrigado!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Deixa ver se eu entendi... ele trasteja nas primeiras casas, apesar de estar com a ação tão alta que dificulta a digitação a partir da quinta casa?

Você já mediu a altura da corda na altura do 12º traste?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Camerata    0

Olá amigos, vou tentar me expressar melhor.

As cordas parecem estar altas, pois alguns acordes em pestana não saiem, e os mesmos saiem tranquilamente em violões de fábrica. Sempre ouvi falar que a solução pra isso é lixar um pouco o rastilho. Porém existem notas no violão que estão trastejando, como as notas que exemplifiquei ("como o mi na quarta corda, fá na quarta corda, ré da quinta corda..."), pois então estou com medo de lixar o rastilho pra resolver o problema dos acordes em pestana e piorar o trastejamento das notas que citei.

Obrigado.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pelo seu relato parece que há um problema na altura de alguns trastes (esses que trastejam) mesmo estando com pestana e rastilho altos ou no braço do violão (empeno)

Você pode pressionar qualquer corda na 1° casa e na ultima da escala e verificar se há empeno no braço ou desnível de algum traste, deperente pode ser esse o problema.

De qualquer forma levá-lo ao luthier que o construiu é o melhor caminho a seguir.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Aos luthieres para me corrigir. Existem relatos de instrumento que com a mudança de temperatura os trastes acabam se levantando, ocasionado um trastejamento em algumas casas. Não sei o motivo disso, talvez trastes mal colocados, sei lá. Mas o melhor a fazer é mandar para o próprio luthier.

O meu estava com um problema quase que parecido, então tratei de mandá-lo para o luthier resolver o problema.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá amigos!

Estou com um violão aqui que acabou de ser feito, porém tem alguns problemas que não consigo entender.

Tem notas nas primeiras casas próxima à pestana que trastejam, como o mi na quarta corda, fá na quarta corda, ré da quinta corda...

Para este sintoma o mais lógico seria pensar que a pestana ou o rastilho está baixo, né?

Porém casas a frente, a partir da quinta casa, tem muita pestana que não inteira, e não é técnica pois saem em outros violões, até em di giorgios de fábrica. E quando tem esse problema, concluo que é a pestana ou o rastilho que está alto.

Então caí em soluções opostas, estou raciocinando errado? O que pode ser?

Eu vou levá-lo ao luthier, mas se for algo que eu possa fazer de imediato eu vou fazer, pois só posso levá-lo ao luthier dentro de no mínimo dois meses. Isso que está acontecendo pode ser porque o violão acabou de ser feito?

Desde já obrigado!

Coloque uma régua (grande) no inicio da escala até o fim, ela deve encostar em todos os trastes de maneira igual, se algum traste estiver fora de alinhamento, a régua ficará levantada, ou afastada dele, isto é facil de se resolver e geralmente o luthier conserta na hora.

Se o alinhamento da escala estiver correto, meça a altura das cordas no 12º traste, e veja se o rastilho não está com o nut muito alto, neste caso abaixa-lo também resolve e é um serviço rápido.

Um tensor mal regulado também provoca estes "sintomas" e é fácil de resolver

Mas se o problema for no braço, o serviço é mais demorado, porém tambem tem solução.

Abraços

Share this post


Link to post
Share on other sites

Coloque uma régua (grande) no inicio da escala até o fim, ela deve encostar em todos os trastes de maneira igual, se algum traste estiver fora de alinhamento, a régua ficará levantada, ou afastada dele, isto é facil de se resolver e geralmente o luthier conserta na hora.

Se o alinhamento da escala estiver correto, meça a altura das cordas no 12º traste, e veja se o rastilho não está com o nut muito alto, neste caso abaixa-lo também resolve e é um serviço rápido.

Um tensor mal regulado também provoca estes "sintomas" e é fácil de resolver

Mas se o problema for no braço, o serviço é mais demorado, porém tambem tem solução.

Abraços

Em geral, a escala não é reta. Existe um pouco de concavidade, de modo que a parte mais para o meio da escala terá uma folga pequena em relação à régua.

Um critério que vi é pegar um cartão rígido e reto (um cartão de banco, por exemplo) e ver se os trastes encostam igualmente no cartão, 3 a 3.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

×