Jump to content


Photo

Montar repertório...


  • Please log in to reply
25 replies to this topic

#1 Marcos César

Marcos César

    Old Member

  • Members
  • PipPipPipPipPipPip
  • 2,359 posts
  • Gender:Male
  • Location:Salvador - Bahia

Posted 27 December 2011 - 01:24 PM

Caros amigos,
O que é mais difícil nessa empreitada, principalmente para aqueles que vivem de outra área? Os aspectos mais relevantes para as coisas não desandarem? Escolha da peças e dificuldade técnica, rítmica, agógica, digitação etc.
Eugenio, talvez você possa falar um pouco, se não me engano passou por isso há pouco tempo.
Enfim, cada um deve ter uma situação, cometem...
Abraços e Feliz 2012!!!

Edited by Marcos César, 27 December 2011 - 01:29 PM.


#2 Eugenio

Eugenio

    Veteran

  • Moderators
  • 8,675 posts
  • Gender:Male
  • Location:NY

Posted 27 December 2011 - 07:05 PM

É um misto de tudo, eu procuro fazer as coisas de uma maneira temática, e tento amarrar as peças por algum tipo de vínculo que faz sentido na minha cabeça. No geral eu tento abrir com uma peça mais lenta, em seguida algo mais animadinho, mas o importante é tentar contar história com música e apresentar uma variedade de caracteres. Por exemplo, meu último repertório foi:

Viagem (Baden)
Flor das Aguas (Marco Pereira)
Emotiva No 3 (Helio Delmiro)
O Astronauta (Baden)

A idéia era tocar um repertório de valsas, comecei com uma lenta, de tempo flexível, harmonia mais simples. Flor das Águas já pega um pulso firme, tem uma harmonia sofisticada e um caráter bem distinto da primeira. Na terceira, volto pro tempo maleável, e maleável também no sentido de ter alternancia de 3/4 e 2/4 em vários trechos. O 2/4 dessa peça me joga pro Astronauta, que começa como Valsa e termina como Samba (2/4).

Enfim, eu tento montar um tema na minha cabeça, acho que no geral funciona. O Zanon uma vez disse que tenta organizar repertório de concerto como um banquete, onde se serve um aperitivo, vinho, prato principal, sobremesa, cereja no bolo, etc. Acho que as analogias são muito de acordo com a preferência individual.

#3 canduta

canduta

    Old Member

  • Members
  • PipPipPipPipPip
  • 1,066 posts
  • Gender:Male

Posted 27 December 2011 - 10:02 PM

Já vi e já fiz de tudo, em questão de montagem de repertório.
Muitas vezes, começar com coisas mais lentas e ir num crescendo é bem legal, outras, começar já com alguma matadora pode ser bem interessante.

Acabamos de fazer um projeto só com canções de natal, eu particularmente não gosto muito, mas trabalho é trabalho, e esse projeto sempre dá pra fazer algumas vezes em dezembro.
No começo, colocamos umas 2 ou 3, mais lentas e menos conhecidas, e aos poucos, vamos apresentando as mais conhecidas, mas diferentemente de outros projetos em que se acaba com uma música bem pra cima, bem forte, acabamos com noite feliz, que sempre é mais lentinha...

#4 Marcos César

Marcos César

    Old Member

  • Members
  • PipPipPipPipPipPip
  • 2,359 posts
  • Gender:Male
  • Location:Salvador - Bahia

Posted 27 December 2011 - 10:08 PM

Eu toco realmente o que mais gosto e sempre começo com uma lentinha, dessa forma controlo mais a minha ansiedade... mas aí depois da primeira, toco sem problemas e, ainda converso, conto histórias do nosso violão.

#5 Bisdré

Bisdré

    Old Member

  • Members
  • PipPipPipPipPip
  • 1,397 posts
  • Gender:Male
  • Location:São Paulo - Brasil

Posted 28 December 2011 - 01:21 PM

O ultimo concerto solo que fiz foi em outubro. Era uma homenagem à Sampa. DAí toquei compositores de São Paulo e contei histórias sobre a cidade. Eu gosto de trabalhar com temas. acho mais simples de criar uma historinha. Porque repertório de show não é colcha de retalhos nem balaio de música. penso como uma história que eu devo contar. Nem sempre a cronologia é a opção mais interessante.
Ainda quero deixar esse repertório bem debaixo do dedo e colocar uns videos aqui pra vcs darem sugestões.

Abraço

#6 rocha

rocha

    Old Member

  • Members
  • PipPipPipPipPip
  • 1,231 posts
  • Gender:Male
  • Location:Recife - Pernambuco

Posted 29 December 2011 - 12:43 PM

No meu caso como me afastei (infelizmente) das aulas de violão erudito os recitais também quase não acontecerão mais. O que tento fazer é ter sempre uma ou duas peças que trabalhem com coisas específicas, tipo "canção para marisa" trabalha o tremolo, o "choro sapeca" que é mais rapidinha e aí não deixam os dedos enferrujarem e por aí vai.

Ainda sim o maior desafio é manter tudo isso no dedo, mas a gente vai tentando :)

#7 Marcos César

Marcos César

    Old Member

  • Members
  • PipPipPipPipPipPip
  • 2,359 posts
  • Gender:Male
  • Location:Salvador - Bahia

Posted 29 December 2011 - 02:19 PM

No meu caso como me afastei (infelizmente) das aulas de violão erudito os recitais também quase não acontecerão mais. O que tento fazer é ter sempre uma ou duas peças que trabalhem com coisas específicas, tipo "canção para marisa" trabalha o tremolo, o "choro sapeca" que é mais rapidinha e aí não deixam os dedos enferrujarem e por aí vai.

Ainda sim o maior desafio é manter tudo isso no dedo, mas a gente vai tentando :)


Parou por quê, e o Setão já chegou?

#8 rocha

rocha

    Old Member

  • Members
  • PipPipPipPipPip
  • 1,231 posts
  • Gender:Male
  • Location:Recife - Pernambuco

Posted 29 December 2011 - 05:30 PM

Fala Marcão!

Rapaz, é que eu terminei o curso regular do conservatório e fui gentilmente convidado a me retirar :P Poderia continuar se fizesse o curso técnico mas não teria condições de me dedicar o tanto que gostaria/deveria (a carga horária é bem puxada).

E o violão ainda nada, to no aguardo, tava previsto pra ficar pronto pro dia 10 mas acabou atrasando, aí agora vamo torcer pra que não demore muito mais!

#9 Marcos César

Marcos César

    Old Member

  • Members
  • PipPipPipPipPipPip
  • 2,359 posts
  • Gender:Male
  • Location:Salvador - Bahia

Posted 30 December 2011 - 11:12 AM

Fala Marcão!

Rapaz, é que eu terminei o curso regular do conservatório e fui gentilmente convidado a me retirar :P Poderia continuar se fizesse o curso técnico mas não teria condições de me dedicar o tanto que gostaria/deveria (a carga horária é bem puxada).

E o violão ainda nada, to no aguardo, tava previsto pra ficar pronto pro dia 10 mas acabou atrasando, aí agora vamo torcer pra que não demore muito mais!


Arruma um professor particular.

#10 Antonio Carlos

Antonio Carlos

    New Member

  • Members
  • 35 posts

Posted 12 January 2012 - 10:27 PM

O que é mais difícil nessa empreitada, principalmente para aqueles que vivem de outra área? Os aspectos mais relevantes para as coisas não desandarem? Escolha da peças e dificuldade técnica, rítmica, agógica, digitação etc.

Pois é Marcos,
Antes de mais nada tem que se perguntar: - O que pretendo com o repertório que vou montar? Algumas respostas que não encerram o assunto: 1) Para meu bel prazer, 2) para tocar em algumas ocasiões, 3) Para um recital 4) Simplesmente porque quero. Pois muito bem, passado esta etapa inicial, mãos à obra. O tamanho do repertório embaixo do dedo depende basicamente de 2 fatores. Capacidade de memorizar músicas e tempo disponível. Quanto menor a capacidade de memorizar uma música maior será o tempo diário necessário para manter um repertório. Dito isso, se enquadra na realidade pessoal. O comum em músicos não profissionais é possuirem um repertório circulante, ou seja possui algumas musicas fixa para todas as ocasiões e um repertório que irá variando de acordo com a música que se esta estudando no momento. O que eu creio ser o ideal. Um exemplo: Ter 1 ou 2 prelúdios do Villa debaixo do dedo mais algumas músicas do Tárrega ou Sor ou Giuliani, de acordo com o gosto de cada um, e os estudos/musicas que estuver estudando.

Espero ter ajudado.
Abraços,
Antonio Carlos