Jump to content

guto

Moderators
  • Content Count

    3,273
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by guto

  1. Oi moçada, quanto tempo... Eu acabei não vendendo o violão no ano passado, apareceram uns interessados, mas não virou e acabei desistindo de vender. Agora resolvi colocar novamente à venda. Se alguém se interessar, por favor entre em contato no email do primeiro post. Obviamente preferia vender pro pessoal daqui que é conhecido, mas acho que vou colocar no Mercado Livre. R$ 4500,00 ou aceito troca num violão de aço legal. Abraços, Feliz natal!
  2. Pessoal, aproveitando o recente espírito natalino, deixo por R$4500,00 beleza? email: guscip arroba outlook pontocom Abraços e Feliz Ano Novo, galera!
  3. Pessoas, obrigado pelos votos e conselhos, mas o problema é efetivamente que eu não posso manter unhas minimamente compridas, aí não tem como tirar um som decente. Além disso meu tempo de estudo caiu muito, e tocar mal não tem graça. Pra arranhar de vez em quando é mais facil tocar uns rockões, fica menos difícil de tirar um sonzinho sem passar vergonha. Enfim, estou tocando violão de aço e guitarra de palheta quando dá. Ficar sem tocar nada realmente está fora de questão, mas o violão classico realmente ficou insustentável agora. E pelo jeito assim será por um nom tempo, por isso a decisão de vender. Dá maior dor no coração, de verdade, mas ele está totalmente parado e posso usar o dinheiro pra comprar um violão de aço legal. Alias, aceito trocar num violão de aço bom, se alguém se interessar. Abraço moçada!
  4. Fala moçada, estou colocando à venda meu violão Antonio de Pádua. Por causa do meu trabalho novo não consigo mais tocar e precisei até cortar as unhas, então não faz mais sentido mantê-lo. O pessoal mais proximo ficou sabendo que eu já havia vendido o double top, mas até então não queria me desfazer desse, é um violão que eu realmente adoro. Enfim, a vida muda e a gente tem que se adaptar. Tampo em pinho, fundo e laterais em Jacarandá da Bahia bem escuro, tarraxas Condor. Ano 2010. O tampo, até por ser em goma laca, tem algumas marcas de raspados de unha, mas nenhuma profunda, somente estéticas. De resto está como novo. Vai com o case original, claro. Estou pedindo R$4500,00 Algumas fotos, caso haja interesse posso mandar outras por email pra quem quiser. É isso aí, qualquer duvida estou às ordens. Meu email pessoal é guscip arroba outlook pontocom, nos falamos por lá, pois tenho acessado muito pouco o fórum. Abraço, Gustavo.
  5. Orlando, no meu AW1 acontece a mesmíssima coisa, come bateria o bichinho. Só não uso mais por causa disso... Tenho usado o G-strings do Android há algum tempo também, é muito bom e normalmente está à mão.
  6. Pois é, mas deve ser um porre passar uma carreira inteira tendo que "forçar" a barra pra conseguir tocar, deve ser barra. O telefone tocar espontaneamente de vez em quando deve dar um ânimo diferente. Eu certamente não dava pra isso, não tenho essa fibra... Sorte pra ele!
  7. Putz, minha experiência é igual à do Renato. Tenho o mesmo afinador, que é excelente, mas tem esse problema mesmo. Se ficar com a bateria ele a devora rapidinho, mesmo desligado. Coisa bizarra... Acaba que eu uso mais o do celular que está normalmente à mão e com bateria, hehehehe.
  8. Pô, o legal aí é que além do violão ser bom, o violonista manda ver. Parabéns!
  9. Nesses finais de semana aí muito provavelmente dá pra eu ir também. Independente de ser sábado ou domingo.
  10. O Zabotto está fazendo um OM (Formato de corpo Orchestra Model da Martin) pra mim. Como ele nunca tinha feito um violão desse tipo me fez um preço bem bacana, muito abaixo do que você está vendo, Marcos. Eu achei que valia a pena "pagar pra ver". Ainda não o recebi, mas de repente pode ser uma alternativa. Aliás, preciso cobrar ele, hehehehe, tá atrasado.
  11. Eu estagiava num lugar que processava carne e tinha uma câmara fria a -40. É uma coisa impressionante, mal dá pra respirar. Coitado do cara, que desgraça...
  12. Já vi violonista passando os dedos pelo nariz e testa e depois esfregar os dedos. Pra pegar a oleosidade da pele mesmo, só pode. Já fiz isso também e funciona. Quando a mão está limpa e seca eu prefiro, mas depois de um tempo tocando meu dedo parece que começa a agarrar na corda e o óleo ajuda a deslizar.
  13. Olha, acho que a região influencia sim no recebimento. Eu compro de tudo pela internet, de cordas a livros a traquitanas da china, hong kong, taiwan e etc. A única coisa que não chegou foi uma revista internacional, mas que eu coloquei o endereço da minha casa e o CEP do trabalho. Não dá nem pra criticar... acertei o CEP e semana passada chegou o exemplar seguinte. (Aliás, mesmo assim a revista estendeu minha assinatura por um mês para que eu recebesse todos os exemplares que paguei. Pode falar o que quiser, mas o serviço, em geral, nos EUA é de primeira) Enfim, às vezes demora mais, às vezes demora menos, mas sempre chegou. Inclusive da última vez que pedi cordas, exatamente porque todo mundo estava demorando meses pra receber, pedi pela SBM e chegou rapidinho, coisa de 20 dias, pelo frete mais barato. Pode muito bem ser que a zona seja depois que passa pela receita federal, nas agências ou centros de distribuição regionais dos correios. Também não acho que temos que deixar de reclamar e procurar nossos direitos, mas temos que reclamar no lugar certo. Me parece muito pouco provável que esses casos de extravio sejam culpa da SBM.
  14. Pedro, mas as dúvidas é que dão espaço para as discussões, então não se "avexe" de pergutar!
  15. Eu concordo plenamente com o Dilson, nos moldes atuais não vai funcionar. Talvez a saída seja colocar o pessoal que está realmente envolvido com o violão pra moderar. Eu "antigamente", mesmo não sendo "do meio" tinha bastante tempo pra participar, mas com o aumento de responsabilidades no trabalho simplesmente não está dando. Honestamente também estou numa fase bem devagar com o violão, tenho tocado pouco. E acho inclusive que é o que aconteceu com boa parte do pessoal, as coisas mudaram. Acho que se tiver uma "molecada" do meio pra tocar o negócio a coisa pode funcionar. E precisaria incentivar o pessoal a POSTAR, não só ficar lendo o que se posta, porque senão não existe conteúdo novo...
  16. Crisin, se você comprar num site como a stringbymail.com você consegue comprar só os baixos. Acho que muita gente aqui compra deles. E u já não compro um único jogo de corda aqui do Brasil tem uns 5 anos, é muito mais caro. Como exemplo, nesse link da D'addário Composite você vai ver lá uma das opções como "bass set": http://www.stringsbymail.com/store/classical-guitar-strings-1/daddario-strings-41/pro-arte-composites-106/ej46c-hard-159/ Pronto, são só os bordões. Isso pra violão de 6 cordas. O jogo todo custa US$8,95 e só os bordões US$6,15. Dá uma economia interessante. As primas duram fácil umas três trocas dos bordões pra mim.
  17. Muito legal, valeu Eugenio!
  18. Eu acho é que o microfone caro pra caramba, Eugenio. Pra quem quiser ouvir como soa, aqui tem umas amostras bem legais de dois albuns gravados assim: https://www.hdtracks...=HD090368035264 e https://www.hdtracks...=HX090368035561 Tem que ouvir com fone de ouvido. Dependendo da gravação e da qualidade do equipamento de audio, dá uma sensação espacial incrível.
  19. Alguém sabe se existe alguma gravação binaural de violão? Estou ouvindo umas coisas muito legais gravadas dessa forma, que dão uma sensação espacial impressionante. Imagino que o violão gravado assim ficaria legal demais. Pra quem mão sabe o que é: http://www.audicaocritica.com.br/o-que-e/151-microfonacao-binaural
  20. Eu estou lendo um livro do Brian Greene chamado "The Hidden Reality". Sobre as possibilidades de universos paralelos segundo as teorias existentes hoje. Tem umas maluquices sensacionais.
  21. Minha madrinha tem um violão que teoricamente pertenceu ao Canhoto. Era do pai dela (irmão do meu avô), que tocava choro na noite e segundo minha família conviveu com Garoto, tocou com Rabello e um monte de gente boa na época. Ele recebeu de presente esse violão de alguém que acabou ficando com ele após a morte do Canhoto, mas não sei quem é. Eu toquei nele, é muito parecido com aquele que o Gilson Antunes toca no youtube, só que está bem mais inteiro. Caixa bem estreita, muito adornado. O duro é que não tenho maiores informações pra confirmar, mas a história parece coerente e o violão é realmente MUITO antigo.
  22. Cara, nunca reparei nisso não. Já aconteceu é de começar a pegar a peça nova e desencanar um pouco de estudar a antiga, aí piora o desempenho mesmo. Mas acho que não é a mesma coisa.
  23. Criador e criatura: É isso aí!
  24. Opa, é hoje que a farra acaba! Hehehehehe... Brincadeira, pra finalizar em grande estilo vai um post recheado de fotos e com um video do filhote ganhando vida. Queria antes de postar a última mensagem agradecer o garrido pelo trabalhão que teve em registrar tudo e além disso pela paciência que teve comigo, que na verdade fui quem atrasou a coisa toda, esse violão já está pronto tem um tempo. Deve ter sido a primeira vez na história que o "cliente" atrasa a entrega de um violão!!! Sacanagem... Parabéns ao Garrido pelo belo violão, ao dono que já pegou essa máquina há um tempo e ao pessoal do fórum que acompanhou e deu seus pitacos. Obrigado e abraços!
×
×
  • Create New...