Jump to content

guto

Moderators
  • Content Count

    3,273
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by guto

  1. Pra terminar a semana, vamos com mais um update. Bom final de semana a todos e estudem pra estarem afiados no Encontro, hehehehe. ---------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Preparando o violão para ser filetado 1- tupia de mão. 2- Rebaixando com a tupia (fundo). 3- Rebaixando com a tupia (tampo). 4- rebaixo no tampo. 5- rebaixo finalizado. 6- encaixando o enfeite na culatra. 7- enfeite colado.
  2. Só consegui ver agora. Realmente lindo, o pessoal que fez mandou muito bem. Além da fotografia, os "efeitos" que colocaram ficaram muito elegantes. Petrich, eu cheguei até a comprar um livro sobre como tocar flamenco, mas achei que não é muito fácil não, hehehehe... quem sabe um dia com um professor especializado.
  3. Poxa Aberardo, só dá pra dizer - por essa gravação e pela outra - que você toca pra caramba! Hehehehe... Parabéns, tá mandando muito bem.
  4. Garrido, ficou muito bonito... Gostei muito! Tanto a execução quanto a gravação ficaram excelentes, parabéns.
  5. Samurai, Seus amigos podem até achar que aprenderam tudo sozinhos e fazem tudo certo. Talvez eles sejam a grande excessão à regra, mas eu diria que há 99% de chance deles também terem um monte de problemas pra resolver. Sobre "já estar tocando muito mais do que isso" não precisa nem falar nada... 6 meses não é nada, ainda mais aprendendo sem orientação. Uma coisa que ninguém falou e que pode estar te atrapalhando também é o próprio instrumento. Violão de aço, se não estiver bem regulado, amigo, é muito punk pra mão esquerda. Aliás, qualquer violão deve estar bem regulado, mas pela maior tensão das cordas de aço o problema é agravado. Uma pestana um pouco mais alta, por exemplo, vai dar uma diferença incrível na hora de fazer pestanas e acordes nas primeiras casas. Então se as cordas estiverem muito duras de serem pressionadas, um dos problemas da pestana não sair com som limpo pode ser isso, regulagem. Aí um luthier precisaria dar um tapa no teu instrumento. Em geral não é um serviço caro. Cordas menos tensas também podem ajudar um pouco. No mais, quando for possível e se você pretende levar o violão um pouco mais a sério, procure um bom professor. Acredite, ajuda MUITO.
  6. Olá Ronaldo, bem vindo. O link está dando como "Página não encontrada", possivelmente tem algum erro.
  7. Hora de começar a filetagem. Simbora... --------------------------------------------------------------------------------- Preparando os filetes 1-Filetes cortados da sobra das laterais. 2-Colando detalhe em Marfim. 3-Marfim colado. 4-Limando o excesso. 5-Pronto. 6- envergados.
  8. Também vou! E de noite tem UFC pro Anderson Silva quebrar o Chael Sonnen de porrada.
  9. Opa, estamos nós aqui outra vez! Capítulo de hoje: Colando o Fundo. --------------------------------------------------------------------- Colando o Fundo 1- fundo pronto para colar. 2- lixa para nivelar as laterais e reengrossos. 3- nivelando com a lixa. 4- ajustando o fundo. 6- passando cola. 7- fixado com grampos. Tá quaaaase...
  10. Dentro desse estilo de fingerstyle eu acho que tem muita coisa repetitiva e chata, mas o Tommy Emmanuel realmente tem umas coisas bem bacanas. Tem um controle impressionante. O pessoal do acousticguitarforum.com (um forum americano mais voltado pra violão de aço) simplesmente idolatra o cara. Seguindo a lógica da comparação com o Yamandu, acho que tem tudo a ver mesmo:
  11. Pior que como esse negócio de fingerstyle é meio novidade por aqui, deve ser meio difícil indicar um professor "conceituado". Imagino que não exista ainda uma escola consolidada do método.
  12. Oi Kristi, postou enquanto eu estava escrevendo. Como pode ver pelo nome no programa, a peça se chama mesmo "Concerto para dois violões e orquestra". É uma encomenda da Osesp (A Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo) e essa série de três apresentações foi a estréia mundial dela. Imagino que tenha sido toda escrita pelo Bellinati mesmo, inclusive a orquestração. Não acho que haja versão pra violão solo no momento, aliás, por ter sido a estréia essa semana, imagino que haja pouquíssima informação disponível. Talvez só diretamente com o Bellinati. Quanto ao português, não se preocupe, está melhor do que o português de 50% dos brasileiros, hehehehe....
  13. Opa, reseeeeenha mesmo não tem, Ruben, porque eu não sei faze análise formal de música, mas fica a minha impressão de semi-leigo. A peça é MUITO legal. O Bellinati obviamente estava lá, foi homenageado e o público aplaudiu demais. O Duo voltou e tocou Bom Partido, dele também. Esses dois são excelentes, eu nunca os tinha visto tocando ao vivo e não só mandaram muito bem nas suas "partes" como pareceram estar muito À vontade e entrosados junto à orquestra. O resultado ao final é de arrepiar. A peça começa bem mais tranquila, vem crescendo e termina nesse movimento do video, que é o terceiro e mais enérgico. A orquestração é muito rica, tem excelentes sacadas, é "fácil" de ouvir, muito agradável, valoriza o violão colocando orquestrações bem leves quando eles estão em destaque. Enfim, o troço funciona muito bem. E não custa lembrar que a peça é uma encomenda da Osesp, ou seja, tem tudo pra ser tocada várias vezes. O único "problema" da noite é que eu estava no coro, então o som especificamente dos violões (que estavam microfonados, claro) vinha somente dos auto-falantes, das laterais, o que faz perder muito em naturalidade. Acho que precisamos mesmo de um violão com volume de violino. E o maestro é uma figura, extremamente empolgado. Foi legal ficar de frente pra ele e ver o trabalho do maestro. Aliás, o programa inteiro foi excelente: PROGRAMA Gioacchino ROSSINI Guilherme Tell: Abertura Paulo BELLINATI Concerto para Dois Violões e Orquestra (estreia mundial) Ottorino RESPIGHI As Fontes de Roma Belkis, A Rainha de Sabá: Suíte As obras do Respighi eu nunca tinha ouvido e são sensacionais também. Vale procurar! Fora a Sala São Paulo que é um show por si só... Uma noite memorável.
  14. Fala moçada, Essa semana está estreando o Concerto pra Dois Violões e Orquestra do Bellinati, peça encomendada pela Osesp, até onde sei. Quem está tocando é o nosso conhecido Brasil Guitar Duo. Bellinati+Osesp+Brasil Guitar Duo não tem como dar errado. Videozinho que já está rolando de um ensaio aberto da Osesp: Eu vou lá assistir hoje. Depois conto como foi, mas a peça em si parece ser excelente. Pelo video gostei muito!
  15. Concordo plenamente com o Ivan.
  16. Conforme prometido há uns 10 minutos, segue outra atualização. Uma etapa que eu, pessoalmente, tinha muita curiosidade de ver como se faz. Haja paciência pra fazer esse tanto de cortinhos... E gostei dos pregadores! ------------------------------------------------------------------------------------------------------ Preparando e colando o reengrosso. 1- fazendo cortes para ficar flexível. 2- reengrosso pronto. 3- passando cola. 4- fixando reengrosso com pregadores. 5- finalizado.
  17. Pô Garrido, será que o Jorge está descrente que você vai terminar o violão ou que eu vou postar a finalização? Se está duvidando do Garrido, beleza, se está duvidando de mim, está expulso! Hehehehehe... Brincadeirinha, hoje tem outra atualização.
  18. Nesse mundo da fotografia é como se as cordas do violão custassem o mesmo que o próprio instrumento, hehehehe...
  19. Hehehehe, essas piadas de músico são piores do que as de engenheiros.
  20. E vamos que vamos, agora encaixando e colando as laterais. Valeu mais uma vez, Garrido! -------------------------------------------------------------------------------- Encaixando e Colando as Laterais. 1- Encaixe das laterais no tróculo (vista interna). 2- encaixe das laterais no tróculo (vista externa). 3- Colando as laterais na culatra. 4- Culatra e laterais pressionadas com grampo. 5- laterais coladas.
  21. Como estou tocando muito pouco, o Baião Cansado está indo meio devagar (talvez eu esteja fazendo jus ao título da música), mas está saindo. Já li inteira e está praticamente memorizada. Falta "botar no dedo". Como imaginei, realmente não é nada muito complicado na parte "mecânica". Tem umas duas ou três pegadinhas, mas pra quem estuda regularmente não deve ser nada demais. Difícil é chegar no nível do Marco Pereira.
  22. Só o Julian que "nunca estuda", nem depois dos encontros, mas vai tocando cada vez melhor. Mistérios da engenharia alemã...
×
×
  • Create New...