Jump to content

Eugenio

Moderators
  • Content Count

    10,437
  • Joined

  • Last visited

Posts posted by Eugenio


  1. Eu li esse livro e adorei, também recomendo. :thumbsup:

    Aquela turma de Minas fazia umas coisas muito interessantes e diferentes, às vezes eram apenas 3 acordes, como Fé Cega, Faca Amolada, mas era um troço fascinante.

    Eles faziam toada soar diferente, as duas canções chamadas de "Clube da Esquina" são toadas.

    O cromatismo de Milagre dos Peixes é um negócio super interessante. O uso de ritmos em 3/4 que Milton faz também é muito legal (confira os videos abaixo).

    Milton também sempre se interessou por outros músicos fora do usual, o grupo Uakti foi um desses casos, o que tornou o trabalho percussivo de Milton também bastante diferente.

     

     

    Versão de estúdio:

     

     


  2. Obrigado pelas indicações!

    Milton realmente é ultra hiper respeitado fora do Brasil, talvez tenha ganhado mais em dólares do que qualquer outra moeda que o nosso país já teve.

    Ivan Lins também goza de reputação fora. E, obviamente, Tom Jobim continua sendo o Deus da canção brasileira.

     


  3. Eu sempre achei Milton Nascimento um grande músico, não é virtuose do violão, mas um cara que toca de um jeito diferente.

    O jeito como ele harmoniza e arpeja também é diferente. Uma das minhas canções favoritas é uma das antigas, Milagre dos Peixes.

    Encontrei esse arranjo no YouTube, bem simples, direto e com pouco ensaio, mas que manteve a harmonia original da canção praticamente intocada.

    É cheia de cromatismos, a introdução é quase um negócio meio Villa-Lobos, tipo o bloco central do Estudo No 1, mas sem copiar.

    Um monte de corda solta, paralelismos, melodia ora pulando pra lá e pra cá, ora se arrastando, compasso 3/4 que nem de longe parece valsa, 

     

     


  4. Oi Guilherme, seja bem-vindo.

    Eu gostei dos toques pessoais que você deu na sua gravação, muita gente tende a correr nessa peça, o andamento ficou legal.

    O único ponto que me chamou a atençao foi a dinâmica. As vezes você vai de forte a quase inaudível sem construir uma ponte que cresce ou cai gradualmente.

    Isso funciona bem em alguns estilos como o flamenco, mas no choro, se usado na quantidade que você usou, quebra um pouco a fluência.

     

×
×
  • Create New...