Jump to content

Dr.Pacheco

Members
  • Content count

    221
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutral

About Dr.Pacheco

  • Rank
    Member

Recent Profile Visitors

8,106 profile views
  1. TS6 Irmãos Carvalho

    Não existe madeira que vem pronta. A questão do cedro é que, a partir de certo momento, ela não desenvolve como o pinho. Ou seja, por questões da própria madeira, ela atinge um nível que, praticamente, não tem mais desenvolvimento. Ao contrário, o pinho tem potencial para desenvolver muito ao longo dos anos. O cedro chega ao, digamos, "limite" desenvolvimento muito rápido. Em relação ao som. É normal. Quando se toca pela primeira vez, o som fica meio "fanho" mesmo. Vai tocando que o som do instrumento vai abrindo.
  2. Violão Eletoacústico - Indicações

    Se a Rozini tá indo bem até em violões elétricos, já virou, disparado, o melhor custo x benefício de violões de fábrica. Eu mesmo já pensei em comprar um sete cordas deles. Só não comprei, porque, pesei na balança e vi que ia ficar mais tempo parado que tudo. Os modelos mais baratos, para quem tá começando, vale bastante a pena. É bem melhor que Giannin e DiGiorgio. E, se não me engano, a produção deles é feita inteiramente no Brasil, certo?
  3. Violão Eletoacústico - Indicações

    Sempre escutei boas coisas sobre a serie APX da Yamaha que o [ARROBA]Dilson citou. Ao logo dos últimos anos, os preços deles subiram um pouco. Se pesquisar um pouco consegue um novo dentro desse valor que você pretende gastar. Vou dar o velho conselho, se possível, vá em uma loja e teste o maior número de instrumentos que conseguir.
  4. O violão frankenstein de Willie Nelson

    [ARROBA]Eugenio verdade. O violão tá um troço horroroso. Mas, no vídeo, fala que ele gosta mesmo da captação. Logo, era só adaptar a captação em outro instrumento, o que, como o próprio luthier diz, ele já fez uma vez.
  5. E o mais incrível de tudo, o violão ainda é usado! O que mais me chamou atenção, acho muito improvável um violão atual, desses de fábrica, chegar a esse estado e ainda podendo ser usado.
  6. Yamandu - Sensacional!!!

    Rapaz, se eu já acho demorado os 15-20 min que fico para dar um trato nas unhas; imagina esse processo todo do Yamandu. O que me espantou, e ele mesmo fala isso no vídeo, é a grossura das unhas que ele "fabrica". As minhas não são um exemplo de resistência, mas com cuidado e uma boa lixada elas vão bem. Tocar com unhas grossas iguais as dele não deve ser nada fácil!
  7. Violão pronta entrega. - Série vinhático - Para estudo

    Verdade. O site dele tá meio desatualizado. O instagram tem postagem recente. Apenas por curiosidade, quanto sai um violão desses de estudo do Polegário? Nunca tinha ouvido falar em Vinhático. É madeira brasileira?
  8. Case e Semi Case para um violão "simples" (indicação)

    Verdade, Alexandre. Nem tinha me lembrado do ML. Mas, como as últimas atualizações deixaram o sistema de busca deles muito ruim, quase não tenho mexido lá. Vou lar dar uma olhada.
  9. Case e Semi Case para um violão "simples" (indicação)

    Valeu [ARROBA]Dilson aqui não tem em loja. Então, não tem como eu ter uma noção do material. Agora, confesso que, depois que comecei a pesquisar sobre isso, vi que existe uma confusão enorme entre case, semi-case e bag. Alias, não consegui distinguir o que seria um semi-case de um bag. Rockbag é fácil de achar? Indica algum modelo específico deles? To vendo que não vale a pena comprar case nem semi case, para o meu caso, os preços estão meio altos.
  10. Case e Semi Case para um violão "simples" (indicação)

    Pessoal, alguém já teve algum dos modelos da Vulcan em mãos? Eles tem a linha Urban e Trip. Me pareceram interessantes, mas o preço é meio alto. Na página do facebook deles tem as fotos dos modelos: https://www.facebook.com/pg/vulcancases/photos/?ref=page_internal
  11. Capotraste

    Obrigado [ARROBA]Anna Luisa Braga e [ARROBA]adrianoviolonista Mas, acho que vou acabar pegando um modelo mais barato,até porque, comprar na stringsbymail, tem que ter muita paciência e sorte de não ser taxado.
  12. Capotraste

    Pessoal, tudo beleza? Dei uma pesquisada e não encontrei um tópico sobre o assunto. Então resolvi criar esse. Tô querendo adquirir um capotraste. Porém, vi que a variedade de preços e modelos é enorme. Dada minha pequena experiência com esse acessório, vim aqui em busca de ajuda. Em uma pesquisada pela internet e através de conhecidos, vi o pessoal recomendando o Planet Waves modelo PW-CP-04 https://quena.pl/269-thickbox_default/planet-waves-pw-cp-04.jpg achei o preço desse Planet Waves abusivo, não encontrei em lugar nenhum por menos de 100 "contos". Minha dúvida, para quem já teve experiências com capotraste, é: se a parte de trás, a que fica em contato com o braço, não for emborrachada ela vai marcar ou danificar o braço do instrumento? Quais modelos e marcas vocês recomendam? Não quero gastar uma fortuna, pois é um acessória que, normalmente, se usa pouco. Valeu!
  13. Vossos Instrumentos

    [ARROBA]Dilson Concordo. A Rozini é disparada a mais interessante. Tanto pelo preço, quanto pela variedade enorme de instrumentos que eles fazem. Vamos a minha lista, modesta, de instrumentos. Tenho três violões e um baixo elétrico: - Di Giorgio Author 3; - Seizi Tennessee Blues (Folk); - Irmãos Carvalho TS4 (Cedro, o de Pinho, equivalente, é o modelo TS3); - Baixo SX SJB75 (vintage series); A umas semanas atrás me sobrou uma grana e resolvi arriscar (pelo preço, se não gostasse, seria fácil revender) e ver qual era desses, tão falados, instrumentos dos irmãos carvalho. Até então, só tinha tocado em instrumentos dos outros e nunca tinha ficado vários dias com um para ter uma noção melhor. Mas, quando aprender a tocar um pouco melhor, pretendo adquirir dois violões, um de cedro e um de pinho de algum luthier, preferencialmente, nacional. Já pensei em comprar cavaco, viola etc. Porém, sempre pensava que não daria tempo de dedicar a vários instrumentos. Como consequência, ficaria com vários instrumentos parados e acumulados aqui. O meu violão de aço e o baixo já tem o uso bem menor, quem diria se adquirisse mais instrumentos. Até porque, tocar mal um instrumento já é fácil, imagina vários.
  14. Vossos Instrumentos

    Caramba, quanto violão antigo. Tem foto de algum? [ARROBA]Dilson [ARROBA]Eugenio O Tarrega eu nunca vi um modelo recente "melhorzinho". Já o Author 3, raras vezes, aparece algum menos pior. Porém, o preço desses instrumentos anda com um péssimo custo x benefício. Um Tarrega ou um Author 3 custam, atualmente, mais de mil reais. Por vezes, chegam a mil e quinhentos ou mais. Acho que a única marca que anda valendo a pena é a Rozini, que até violão de 8 cordas tá fazendo.
  15. Eterno Problema da corda sol

    [ARROBA]Eugenio As cordas do Guinga são uma serie assinada por ele da Giannini, já tem alguns anos que elas estão no mercado. Nunca testei, mas o preço é o mesmo das outras series, como a "clássico", a "MPB" etc. [ARROBA]Dilson Nunca ouvi que essas cordas possam fazer mal ao violão. Por outro lado, são matérias novos e pouco testados. Mas, ao que tudo indica, não fazem mal aos instrumentos.
×