Jump to content

Fredsalviato

Members
  • Content Count

    606
  • Joined

  • Last visited

Posts posted by Fredsalviato

  1. Adriano, o que eu tenho dele é o telefone::LUCENIR LUTHIER – 021-2606-4114

    É verdade Marão faz tempo hein...

    É um instrumento macio e com um som muito melhor do que qualquer um "de fabrica"

    Abraços

  2. Polegário, um grande abraço!

    Você tem recebido minhas mensagens? se mudou de e-mail me manda um MM.

    Parabéns pela iniciativa e ousadia, navegar pelo mundo dos tampos é entrar em mar aberto, lhe desejo sorte nesta sua empreitada, que Deus lhe capacite a fazer o melhor!

  3. Um grande 2013 a todos os colegas, desejo que neste ano suas realizações superem em muito as suas expectativas.

    Fiquei muito tempo sem postar, mas acompanhando o forum, espero participar mais novamente, fiquei afastado do violão um tempo por problemas de LER, mas estou bem recuperado e voltado a estudar para recuperar o atraso.

    um grande abraço a todos.

    Fred.

  4. Sou músico de Flauta Transversal.

    Tenho um Modelo da Eagle, a sonoridade é boa, o som é aveludado característico, mas sinto falta de um pouco de brilho, que ouço nas flautas gemeinhardt e yamaha.

    Estudei durante três anos, o método G. Parés é ótimo.

    A Flauta é tida como um intérprete da alma, vivaldi compoz várias peças para flautas e cordas.

    Tem mais alguém aí no forum que curte ou toca este instrumento??

    Eu gosto muitissimo de instrumentos de sopro em geral, mas acho flauta de uma qualidade a parte.

    Estou estudando flauta doce, acho o som delas muito lindo, convido a todos a assistirem uma apresentação do quinteto de flautas sopro novo, que é patrocinado pela Yamaha do Brasil, aliás aYamaha apoia um projeto social de musicalização que merece aplausos, o metodo sopro novo, vale a pena conhece e divulgar este trabalho.

    Quem quiser conhecer um pouco da potencialidade da flauta doce entre no link abaixo e conheça um trabalho realmente bem realizado.

    http://www.yamahamusical.com.br/quinteto/index.html

    Abraços

  5. Agradeço à todos, desculpe a mancada, já confirmei e a conta esta ativa novamente, coisas de marinheiro de primeira viagem...

    Estou com o tempo um pouco atrapalhado, mas retornando as atividades, atualmente estou estudando flauta doce (contralto) e estudando as partituras dos Beatles que ganhei a um tempo atrás, arranjos muito legais aliás.

    O violão TS3 está com o som muito gostoso, bem mais maduro e aberto, com certesa um belo investimento, meu próximo passo será um violão de aço de luthier, aprendi que um instrumento de luthier, ainda que de uma linha mais simples, tem incomparavelmente muito mais qualidade do que um de fabrica, ainda que o preço seja superior.

    um grande abraço a todos

  6. Um abraço para todos, gostaria de mostrar uma pequena musica que fiz para a SIPAT da empresa aonde trabalho, a musica e a letra são de minha autoria, a gravação foi feita (de improviso) no estudio de um amigo, o cavaco que se ouve é o meu (Lucenir) com tampo de cedro

    A proposta era uma letra simples, com o objetivo de falar da segurança no trabalho, um tema um pouco pesado, que eu tentei fazer ficar mais leve.

    O solo vocal é de uma amiga (Lais)

    Um grande abraço para todos.

    samba da segurança

  7. O luthier deveria ter um contrato que especificasse sob quais condições ele vende o instrumento, este contrato poderia especificar restrições quanto a eventuais modificações no mesmo, visando proteger suas técnicas de construção.

    Seria algo assim, eu vendo para você, porém exijo a assinatura de um termo proibindo a manutenção do mesmo por outro profissional.

    Como esta pratica não é comum aos luthieres brasileiros, a simples compra do instrumento faz que o dono do violão possa modifica-lo, não há nenhum impedimento legal.

    O resto é polêmico, e assim como outros prefiro ficar neutro.

    Abraços

  8. Olá a todos!

    Alguém conhece os instrumentos Marquês? Na verdade estou pensando em comprar um bandolim para fazer alguns testes ( falta do que fazer mesmo. Hehe). O problema que já testei um Gianini e Rozini que caberiam no meu bolso nesse momento, mais achei-os bem irregulares,e para investir em um mais caro dessas marcas, prefeiro guardar o dinheiro e comprar um de luthier, pois seria pelo menos 70%. Bom o danado é todo maciço, segundo consta o anúncio, mas até então não conheço a marca.

    Abraços a todos!

    http://produto.merca...co-bandolin-_JM

    Minha sugestão é que você entre em contato com o luthier Lucenir, ele trabalha com instrumentos acessiveis, seu acabamento não é perfeito, mas o som de seus instrumentos são muito bons.

    Abraços

  9. Olá, é o seguinte, a pouco meu violão ficou com um som 'fanho', é o seguinte, da primeira até a quarta corda soltas, o timbre delas é como se estivesse fazendo um pizzicato nessas cordas, algum luthier de plantão sabe me explicar por que isso acontece?

    Você experimentou trocar o encordoamento? as vezes o problema pode ser ns cordas, mesmo jogos novos eventualmente podem vir com este problema.

    Abraços

  10. As intenções de quem faz a música não fazem a menor diferença. Mozart pode ter escrito a maioria de sua obra por encomenda, mas isso não faz a música dele soar nem insincera, nem brega, e principalmente não é ruim. Quem tem de se preocupar com a sinceridade dos sentimentos do Zezé de Camargo é a mulher dele. Eu me preocupo com a música, que é ruim de doer, e, além de ruim, para os meus ouvido é também brega, no sentido pejorativo.

    Música clássica também está cheia de coisa brega. Quase toda a ópera verista é brega, mas Cavalleria Rusticana é, além de brega, ruim em vários momentos, se comparada a Puccini, que é muito brega mas quase nunca ruim.

    Kitsch ou brega (na definição paulistana da palavra) é, por definição, algo que, dentro do seu universo cultural, é calcado em estereótipos e clichês, realizada com um exagero calculado, com o intuito de extrapolar a reação de quem aprecia. Puccini é brega, Tchaikovsky frequentemente é brega, Beethoven às vezes é brega, mas Bach e Mozart não conseguiriam ser bregas nem se tentassem. Brega é o uso que Salzburg faz da música de Mozart, bombons, hotéis, orquestras tocando com perucas e roupas de época com relógios de pulso mal disfarçados.

    :parabens:

  11. Se quiser tô vendendo 2 no www.guitanda.com , um Suguiyama e outro Tessarin que vc já tocou e conhece!!!

    Um abraço

    Seu Tessarim parece um piano, e o sugiyama é um sonho de consumo dos que tocam MPB...

    Ah se eu não tivesse trocando de casa...

  12. Agradeço a todos pelas palavras amigas.

    Paulo, Zanetti, Guto, Almir, Mário, estou realmente feliz com ele, estudar com um bom violão é ótimo...

    Estou preparando para comprar um violão de cedro para mim, quero comprar um modelo superior pois a aquisição deste me animou bastante, vou completar o timbre com um de cedro para ter as duas opções, tenho um de cedro da giannini, mas está na hora dele se aposentar...

    Abraços

×
×
  • Create New...