Jump to content

jorgeol

Members
  • Content Count

    196
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutral

About jorgeol

  • Rank
    Member
  • Birthday 04/23/1979

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    Brasília - DF / Niterói - RJ
  1. jorgeol

    Tarraxas VS

    Antônio, não vejo a hora de ver essas tarraxas, no meu novo violão é claro!! Fiquei com água na boca.... O atendimento do Vitor foi ótimo, qualquer dúvida ele respondia rapidamente. Ainda não posso falar nada sobre as tarraxas porque elas foram direto para o Antônio, mas assim que receber o violão posto aqui minha impressão!
  2. Já dei uma checada, achei muito bom, foi uma ideia fantástica. A rádio tá bem bacana!
  3. Achei o programa muito bem produzido. Gostei muito da primeira peça! Depois verei os outros trechos... Parabéns Emanuel!
  4. Estou sempre à espera de novos vídeos do Mário... Excelente como de costume.
  5. O que impressiona não é o efeito sonoro, mas como todo processo ocorre. Com pedaleiras você precisa de amplificador, esta "geringonça" modifica a forma como as cordas vibram, alterando o som que sai do próprio violão (acústico). Pelo menos foi o que entendi. Achei genial, apesar de não ter gostado do som.
  6. Parabéns Márcio... faça bom uso do brinquedo!
  7. Nunca vi um violão desse luthier (Geraldo Silva). O Edson Lopes usa um em alguns de seus vídeos no YouTube, então acho que deve ser coisa boa! Segue os links:
  8. Mário você é muito talentoso, extremamente musical... Como "falei" nos comentários do youtube: se vc gravar um CD eu compro!
  9. Tenho um afinador de clip Accord que também é metrônomo. Funciona bem... Geralmente só afino o LÁ, o resto vai na orelha. Acho que esses afinadores de clip não são precisos nas primas. Hoje uso mais o celular para afinar. Utilizo o aplicativo DaTuner para android, é o melhor que testei.
  10. jorgeol

    Tarraxas Rozini

    Alguns modelos têm engrenagem com 18 "dentes" (1:18), será que isso faz diferença?
  11. Márcio, acho que essa sonoridade não é determinada fundamentalmente pelo toque sem unhas. Acredito que a corda tenha grande contribuição. O violão me parece ser "usual", sem alguma característica distinta. Toco sem unhas, sempre toquei assim. Realmente o timbre é um pouco diferente, mas nada que chame a atenção . Eu até gosto da sonoridade. Sou amador, o toque sem unhas nunca impediu que tocasse uma peça (estou muito satisfeito com o meu repertório). Talvez isso possa ser um problema para um profissional... Se conseguir um tempo vou fazer uma gravação e postar aqui. Há muito estou querendo fazer isso, mas depois que minha filha nasceu tá difícil.
  12. Da forma que descreveu imaginei um violão de papelão com cordas velhas... Coloque o link de um dos videos para termos uma idéia.
  13. jorgeol

    Tarraxas Rozini

    Você tem toda razão Ivanhoé! Não encontro os modelos que gostei. Entrei em contato com a Rozini, me indicaram um revendedor, mas muitos dos modelos do site não estão disponíveis.
×
×
  • Create New...