Jump to content

marcusbonilla

Members
  • Content Count

    11
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutral

About marcusbonilla

  • Rank
    New Member
  • Birthday 07/14/1970

Contact Methods

  • Website URL
    http://www.marcusbonilla.com.br
  • ICQ
    0

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    Porto Alegre, RS
  1. Eugenio, obrigado por tuas considerações e pela disposição em conhecer o trabalho, sei que a linguagem acadêmica é cansativa. Tomara que vc chegue até o final! Até esse ponto discuto assuntos já tratados por outros pesquisadores, minha contribuição mais contundente vem depois disso quando proponho observar também o modo e o movimento de tocar. A Universidade já disponibilizou online http://www.ceart.udesc.br/ppgmus/teses_dissertacoes/marcus_bonilla.pdf para quem mais tiver interesse. Saudações!
  2. Puxa que chato. Participamos dessas redes sociais e não nos damos conta do monopólio e dominação que eles estão criando. A UDESC deve disponibilizar a dissertação online no site da pós http://www.ceart.udesc.br/ppgmus/prod_academica.htm mas não sabemos quando. Te mando por email!
  3. Caros, Gostaria de compartilhar também com os membros desse fórum minha dissertação de mestrado que trata do "violão brasileiro" defendida recentemente, intitulada Três estilos do violão brasileiro: choro, jongo e baião. Por enquanto estou disponibilizando em http://www.4shared.c...tilos_do_v.html ou http://udesc.academia.edu/MarcusBonilla Abraços!
  4. Olá, O pessoal está sabendo desse evento no Ceará? http://www.lutheriabrasil.org.br/ . Alguém aqui do fórum vai participar? Abraços
  5. Oi Ivanhoé, Não, talvez algum antepassado longinquo.. Por falar nisso, se não me falha a memória esse Arthur Bonilla sabe tudo de ritmos gaúchos e toca muito! E, se me lembro bem, quando eu dava aulas na UFRGS tu estavas fazendo o curso, né? já se formou. Boa sorte!
  6. É por ai, apesar de ser gaúcho não sou um especialista no assunto. Mas ritmos genuinamente gaúchos são pouquíssimos. Os mais famosos como o chamamé e a milonga vem dos Hermanos argentinos e uruguaios. Além do que já foi dito recomedo dar uma escutada no Grupo Quartchêto e Marcelo Caminha.
  7. Minha sugestão: Pega tipo 8 compassos de uma peça qualquer que não conheça dentro do nível que te encontra e "toca" na cabeça sem usar o violão. Depois com o violão confere se saiu igual ao que projetou na cabeça. De preferencia podes tentar até decorar o trecho sem o instrumento na mão e tentar tocar depois sem a partitura. Com certeza tua leitura vai melhorar! Vários alunos meus já passaram na prova específica com esse método. Mas claro que tem que ser um estudo diário... mas o próprio estudo de repertório e teoria vão te ajudar na leitura. Muitas vezes ela é só uma consequencia do amadurecimento, justamente por isso que pedem nas provas. Bom estudo!
  8. Apesar de concordar plenamente com o Álvaro no caso de um músico, sou obrigado a discoradar no caso de um iniciante. Um virtuose toca sem força nenhuma pq já tem uma musculatura desenvolvida ao longo de muitos anos de estudo. No caso de um iniciante acho que se deve fazer exercícios para musculatura sim! Depois de superada as dificuldades iniciais de adaptação dos músculos todo estudo deve ser direcionado para o relaxamento total. Eu sugiro exercícios de ligados ascendentes e descendentes para reforçar a musculatura da mão esquerda. Podemos comparar esse caso com o de um maratonista que nem toma conhecimento que tinha 4 lances de escadas pra chegar em casa, mas eu... ufa .
  9. Puxa.. e eu que achava que panelinha só tinha aqui no sul ...
  10. Olá pessoal. Estou chegando agora no fórum, mas gostaria de convidar a todos para conhecerem meu mais recente trabalho. É o CD virtual "Caminhante do Céu Vermelho" . Ele está disponível para audição no site www.marcusbonilla.com.br . O trabalho é basicamente de violão, mas recebe influências de vários estilos. Espero que apreciem e fiquem a vontade para comentários. saudações ao grupo!
×
×
  • Create New...