Jump to content

89% de extração em áreas ilegais no Pará


Recommended Posts

Folha de São Paulo

http://www1.folha.uol.com.br/folha/ciencia...06u649235.shtml

07/11/2009 - 21h07

89% da madeira do Pará vem de área ilegal

O desmatamento sem autorização legal atinge 89% da área que sofre exploração madeireira no Estado do Pará, de acordo com estudo da ONG Imazon (Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia), informa Reinaldo José Lopes na edição deste domingo da Folha, que já está nas bancas.

É a primeira vez que se faz uma estimativa direta da retirada de madeira ilegal da Amazônia. Até hoje ninguém sabia direito qual é a quantidade de madeira clandestina na região. O número mais citado, impreciso, fala em 50%.

Os dados usados pelo Imazon agora, vindos de imagens de satélite de 2007 e 2008, indicam que até a atividade madeireira legalizada tem irregularidades --como o registro de toras supostamente oriundas de áreas já desmatadas por completo-- em 37% dos casos. A ONG ainda pretende cruzar o mapeamento com os dados de volume total de madeira em cada região do Estado para estimar o volume clandestino.

A primeira conclusão dos pesquisadores é que 89% da área em que a derrubada foi detectada via satélite não corresponde aos locais em que a atividade madeireira foi aprovada pelo Estado. São quase 375 mil hectares, dos quais 73% equivalem a áreas privadas, devolutas ou sob disputa. O Imazon pretende realizar o levantamento todos os anos daqui para a frente, incluindo também Mato Grosso.

Link to post
Share on other sites
  • Replies 20
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Olá Eugênio

Eu já tinha lido essa reportagem no UOL e mostra o quanto é irrelevante um violão de jacarandá da bahia perto dessa barbaridade que ocorre no Pará e também em outros estados do Norte do Brasil.

Abraços a todos.

Link to post
Share on other sites
:thumbsupsmiley: Por vezes eu chego a pensar que certas proibições e ilegalidades estabelecidas no Brasil é somente pra dar um cunho de aventura, adrenalina, ou um grau a mais de dificuldade a determinadas atividades, tornando-as assim mais rentáveis e lucrativas. Quanto mais leis são criadas e aprovadas contra corte e comércio ilegal de madeira, mais madeira é cortada e comercializada ilegalmente. Pode até ser que um infeliz eremita seja punido com prisão ou outro tipo de pena qualquer, porque cortou os galhos de uma árvore protegida por lei, para cozinhar um pouco de alimento para saciar sua fome. Mas os verdadeiros destruidores da natureza, esses com certeza, continuam e continuarão impunes. :thumbsup:
Link to post
Share on other sites

Orlando,

Por mais que isso seja uma "realidade nacional", aliás a impunidade no Brasil é observada(vide jornais diariamente) em todos os tipos de crime e não apenas nos crimes ambientais, mas voltando, por mais que seja real, não podemos nem devemos fazer apologia a atividades criminosas. Devemos, como cidadãos, fazer a nossa parte.

Link to post
Share on other sites
Orlando,

Por mais que isso seja uma "realidade nacional", aliás a impunidade no Brasil é observada(vide jornais diariamente) em todos os tipos de crime e não apenas nos crimes ambientais, mas voltando, por mais que seja real, não podemos nem devemos fazer apologia a atividades criminosas. Devemos, como cidadãos, fazer a nossa parte.

:thumbsupsmiley: Meu caro Ruben, re-avali melhor minhas colocações e veja que em momento nenhum faço apologia à ilegalidade ou defendo atos criminosos. O que me incomoda, e muito, é saber que um pobre homem foi preso porque roubou de um supermercado um pacote de biscoito para saciar a fome de um filho faminto, enquanto figurões da nossa política que desviaram milhões dos cofres públicos transitam livremente pelo mundo a fora. :thumbsup:

Link to post
Share on other sites

Olá Orlando

Realmente tudo no Brasil funciona assim, são os chamados "boi de piranha" que inocentemente pagam pelos verdadeiros criminosos.

Será que é isso que querem fazer com os músicos violonistas e os Luthiers, deixando esses verdadeiros criminosos isentos de qualquer penalização ?

Essa questão de desmatamento de áreas de reserva tem a mão, os olhos, e os cérebros de grandes figurões que ocupam altos escalões do governo, e estão infiltrados no IBAMA, IEF, INCRA, além dos MST e diversas ONGs fantasmas que infestam todo o Brasil com atividades prá lá de suspeitas, mas o governo em si, não faz nada, é totalmente conivente com tudo isso. E ainda dá verbas milhionárias a esses criminosos.

Abraços a todos.

Link to post
Share on other sites
Olá Eugênio

Eu já tinha lido essa reportagem no UOL e mostra o quanto é irrelevante um violão de jacarandá da bahia perto dessa barbaridade que ocorre no Pará e também em outros estados do Norte do Brasil.

Abraços a todos.

Léo, isso é como argumentar que a corrupção que rouba milhões na política torna os pequenos assaltos na rua irrelevantes. Crime é crime, uns maiores do que os outros, mas não posso concordar com a ideia de que um grande crime torna um pequeno crime irrelevante.

Link to post
Share on other sites

Orlando,

Tudo tranqüilo! Eu entendi o que você escreveu. Dirigi-me a você, apenas porque foi você quem tocou no assunto de impunidade e eu aproveitei para passar a mensagem ao pessoal. :thumbsupsmiley:

:thumbsupsmiley: Meu caro Ruben, re-avali melhor minhas colocações e veja que em momento nenhum faço apologia à ilegalidade ou defendo atos criminosos. O que me incomoda, e muito, é saber que um pobre homem foi preso porque roubou de um supermercado um pacote de biscoito para saciar a fome de um filho faminto, enquanto figurões da nossa política que desviaram milhões dos cofres públicos transitam livremente pelo mundo a fora. :thumbsup:
Link to post
Share on other sites

Olá Eugênio

O que quero dizer é que o grau de atenuância ou agravância importa e muito.

Na minha opinião numa escala de 0 a 10, fazer um violão com Jacarandá da Bahia, mesmo que seja madeira com corte após 92, teria grau 1, mas desmatar e contrabandear madeiras, mesmo que não seja jacarandá da Bahia, teria grau 10.

Mas eu não defendo os Luthiers que compram jacarandás desses atravessadores não, eu defendo aqueles que tem seus estoques há mais de 20 anos, e que já compraram seus kits já cortados e totalmente envelhecidos, e com certeza são madeiras que beiram lá seus 30 ou 40 anos se não forem mais ainda.

Agora essas quadrilhas que estão infiltradas por aí que envolvem MST, IBAMA, IEF, INCRA, esses sim merecem penas máximas.

Abraços a todos.

Link to post
Share on other sites

Pois é galera o que é crime ambiental hoje em dia?....... não sei se a galera assistiu no fantástico uma matéria sobre o aquecimento global, e que o urso polar é um animal ameaçado, a pode ser extinto!!!!!! fiquei pensando: o que estou fazendo para diminuir o aquecimento global?.... só pra começar, tenho uma moto com motor 2 tempos, sou um criminoso!!! se você anda de carro, você é um criminoso!!!!!, se vc compra alimentos, objetos etc.... de empresas que não preservam o meio ambiente você é cumplice de crime!!!!!!!!!, se vc demora mais de 5 minutos no banheiro tomando banho vc é um criminoso!!!! então galera, ou você é na totalidade ou não é!!!!!!!!

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

×
×
  • Create New...