Jump to content
Eugenio

Baião de Lacan

Recommended Posts

Oi Guto, obrigado pelas dicas, estou tentando corrigir as questões do ritmo e já trabalhando também na segunda parte. Mas é só ligar a câmera que problemas que eu nunca tive aparecem de repente! :icon_eek:

Quanto a eu ser uma figura virtual, do imaginário popular, você está certo, mas a solução é simples, meu espírito baixa no corpo de alguém e pronto, eu consigo fazer contato com as pessoas e ao mesmo tempo preservar minha identidade! :risadinha:

Eu sempre gravo com a cabeça cortada. :17:

E vou ver se arranjo um sapato azul, você calça o seu vermelho, os violões ficam com uma faixa branca e aí fica a homenagem ao tricolor de aço! :cheers:

Agora sim, inspirado no Esquadrão de aço tudo ficará fácil e bonito rsrsrs.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Caramba, distraí e o bonde passou que nem vi!

Mário, concordo com você em quase tudo o que falou.

A exceção está no que disse que falei brincando sobre derrubar a qualidade do fórum! Não duvide da minha capacidade! Hehehe!

É que nunca estudei violão. Eu brincava com ele até quinze anos atrás, quando deixei a música e fui pra outros caminhos. Naquela época eu tocava trombone de vara, o que fiz por oito anos precedidos por um tocando trompete. Larguei. Voltei há pouco mais de dois meses a olhar pra uma partitura, ainda assim de violão, com clave diferente, técnica diferente, indicação de dedo daqui, dedo de lá... Deu saudade do trombone! Hehehe... Fora o tempo ausente, que foi muito grande.

Mesmo assim estou me esforçando, e não por timidez, mas por não haver conteúdo a expor. Uma hora sai, mas vai ser no tempo certo que nem eu conheço ainda...

Poste seus vídeos aí que voi assistindo e me inspirando!

Abraço.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu tinha prometido gravar a segunda parte do arranjo, andei sem tempo, hoje consegui, ficou com vários errinhos irritantes, mas aqui vai a minha tentativa:

Share this post


Link to post
Share on other sites

parceiro, cuidados com os finais de frase. Mete a mão nesse tessarin! Espero que seja um Tessarin.... hahahha

Abraço

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bisdré, dá pra elaborar um pouquinho mais sobre os cuidados com finais de frases? :thumbsup:

É o Marão acertou, o violão é um Jorge Raphael! :guitar:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Por exemplo na frase que cai em um Si7 (acho eu) as 3 ultimas notas me parece uma quiáltera, mas num tá soando quiáltera. E as que seguem tb. Parece meio manco. O começo tá bacana. Aquela parte do "golden cross de carteirinha" cuidado com o bit tb. Tá chegando atrasado e perdendo a fluência. O metronomo pode ajudar muito. TEm umas partes que parece que faltou uma colcheia de pausa, ou coisa assim.

Procure enfatizar o Baião nela toda.

Abraço

Share this post


Link to post
Share on other sites

Beleza, entendi, obrigado pelas dicas.

Curiosamente, você falou em enfatizar o baião, uma coisa que eu esqueci de citar antes é que esse Baião de Lacan na verdade está muito mais pra um xaxado.

Share this post


Link to post
Share on other sites

hahahha. Boa observação. Mas é um baião mesmo. Vc percebe a acentuação dele o tempo todo. Dá uma atenção a mais nisso (na mente) que vc vai ver que a música sai numa boa. Mesmo se perder alguma nota, a essência tá lá.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

×
×
  • Create New...