Jump to content
Sign in to follow this  
JJunior

Zezo Ribeiro abandona carreira musical

Recommended Posts

Eu acho o Zezo sensacional, um grande músico e um cara super carismático, as entrevistas dele sempre são uma viagem.

Uma pena ele ter parado de tocar profissionalmente, eu ainda gostaria de ver alguma coisa dele. Mas se é para um bem maior, que é a felicidade dele, que assim seja. Não é a primeira vez que gente de peso abandona a carreira musical, temos grandes exemplos como os Abreu e o Marcelo Kayath.

Share this post


Link to post
Share on other sites

É realmente um assunto delicado, uma pena mesmo, de tudo que ouvi do zezo, sempre gostei bastante, além de ele ser um cara super divertido.

Espero que dê tudo certo pra ele nessa nova empreitada :)

Share this post


Link to post
Share on other sites

O disco que ele gravou com o Chico César é uma obra-prima. Espero que a maré vire depois desse vídeo e os convites comecem a aparecer. Ele tem uma proposta muito diferente do "violão brasileiro normal", as vezes muito radical e isso certamente trouxe dificuldades pra ele.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acredito que quando se atinge um nível de lucidez no qual essas percepções todas vem à tona, fica muito difícil mesmo encarar a realidade em que vivemos.

Imagino eu não ser nada fácil vivenciar o descaso do belo em detrimento do vendável obsoleto. E, em se tratando de um artista, que transborda sensibilidade como essência de trabalho, deve chegar a ser doloroso vivenciar isso.

Interessante fazer um paralelo desse depoimento de Zezo Ribeiro com a entrevista de Esdras Mariano apresentado em outro post, na qual o pernambucano diz, batendo em seu violão, que se dependesse de seu talento musical não teria o que comer, se referindo ao total descaso à cultura de qualidade como um todo.

Agora, eu não sei se atribuiria isso à uma descultura exclusivamente brasileira, no tocante à falta de reconhecimento. A Europa, que para muitos pode ser considerada como referência no reconhecimento da arte, até hoje consome, por exemplo, Michel Teló.

Acredito que a humanidade, num modo geral, está num forte processo degenerativo do qual vem sendo alimentado, em minha opinião, principalmente pela inversão de valores resultante do processo de capitalização como meta e meio de vida.

Se formos a fundo em cada notícia ruim exposta, iremos perceber que se trata de uma total inversão de valores. Hoje se valoriza muito mais o status financeiro do que a hombridade do ser.

Infelizmente alguns artistas não suportam tal condição e, se vendo "vencidos" pela grande máquina, acabam perdendo o tesão na realização de uma atividade que é a mais pura expressão do dom único e raro, quando não exclusivo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...