Jump to content
Aberardo Filho

Quais os 5 maiores nomes da luthieria Brasileira atualmente ?

Recommended Posts

Prezados, na opinião de Vocês quais são os 5 maiores destaques atualmente da lutheria Brasileira ? e suas principais caracteristicas ?

Criei esse tópico no intuito de trocarmos idéias a respeito dos principais construtores e suas caracteristicas, esse tópico também pode ajudar iniciantes que não entedem muito do assunto e pretendem adquirir um bom violão.

Desde já obrigado

Abraço

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pergunta complicada, já que existem muitos profissionais super gabaritados exercendo a profissão. Sem ordem de preferência, destaco cinco e faço um breve comentário:

. Sérgio Abreu: Produz um dos melhores instrumentos tradicionais do Brasil, tem um som simplesmente mágico. É um investimento alto e um instrumento dificil de controlar, mas que vale muito a pena.

. Lineu Bravo: Acredito que possui um dos melhores instrumentos pra música popular, e não é a toa que é muito difundido. Creio que se sai melhor construindo em cedro, e produz violões extremamente bem acabados e confortaveis.

. Antonio Tessarin: Outro mágico. Produz violões de timbre muito refinado e com aquela magia que só os Tessarins tem. Super bem acabados e confortáveis. Creio que ele não recebe mais encomendas, apesar de não ter parado de produzir.

. Samuel Carvalho: Os modelos Profissionais já são excelentes, e os tops são de cair o queixo. Os violões double top dele são verdadeiros canhões! Super confortaveis também, e sempre com material incrivel.

. Claudio Arone: Os poucos violões do Claudio que vi, fiquei admirado. Realmente tem um sonzão, uma coisa linda. Conheci um violão de cedro dele sensacional.

Mas como eu disse, existem muitos outros construtores sensacionais. Gosto muito do Jorge Raphael, do Sergio Barbosa, do Garrido... a lista é enorme.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pergunta complicada, já que existem muitos profissionais super gabaritados exercendo a profissão. Sem ordem de preferência, destaco cinco e faço um breve comentário:

. Sérgio Abreu: Produz um dos melhores instrumentos tradicionais do Brasil, tem um som simplesmente mágico. É um investimento alto e um instrumento dificil de controlar, mas que vale muito a pena.

. Lineu Bravo: Acredito que possui um dos melhores instrumentos pra música popular, e não é a toa que é muito difundido. Creio que se sai melhor construindo em cedro, e produz violões extremamente bem acabados e confortaveis.

. Antonio Tessarin: Outro mágico. Produz violões de timbre muito refinado e com aquela magia que só os Tessarins tem. Super bem acabados e confortáveis. Creio que ele não recebe mais encomendas, apesar de não ter parado de produzir.

. Samuel Carvalho: Os modelos Profissionais já são excelentes, e os tops são de cair o queixo. Os violões double top dele são verdadeiros canhões! Super confortaveis também, e sempre com material incrivel.

. Claudio Arone: Os poucos violões do Claudio que vi, fiquei admirado. Realmente tem um sonzão, uma coisa linda. Conheci um violão de cedro dele sensacional.

Mas como eu disse, existem muitos outros construtores sensacionais. Gosto muito do Jorge Raphael, do Sergio Barbosa, do Garrido... a lista é enorme.

Vinicius, muito obrigado pelas preciosas informações.. busco um 7 cordas, sabe me dizer a faixa de preço dos double top do Samuel Carvalho ? se é que existe double top 7 cordas, poderia também, por favor, falar um pouco a respeito dos violões do Jorge Raphael, se faz 7 cordas também e seus preços ?

Desde já muito obrigado

Abraço

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acredito que o Samuel Carvalho faz double tops de sete cordas, sim, acho que até com mais cordas. No ano passado, o Samuel tinha me passado essa relação de preços:

O modelo Profissional esta em 6.000,00 com prazo de 8 meses e o modelo Serie Especial 10.000,00 com prazo de 12 a15 meses. Com 25% entrada e saldo na entrega do instrumento.

Sobre o Jorge Raphael, também faz sete cordas e o nosso amigo Fabiano Borges está com um zero km. infelizmente não posso falar tanto dos JR pois só toquei em dois até hoje. O Eugênio também tem um e gosta bastante, ele pode comentar sobre.

Agora se você procura um sete cordas, eu cogitaria seriamente um violão do Lineu. É uma máquina.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu tenho um JR de 6 cordas, mas venho há muito tempo sonhando em comprar um de 7. É um dos violões mais fáceis de tocar que já vi, ultra hiper equilibrado e com muito volume.

Eu tenho um 7 do Tessarin, com tampo de cedro, que eu amo de paixão, mas também gosto da estrutura de violão do JR, que tem a escala elevada e usa treliça, além da minha preferência pelo tampo de pinho.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu tenho bastante curiosidade de conhecer esse seu Tessarin de cedro, Eugênio. Se fosse uns anos antes de eu ter pedido o meu, eu com certeza teria pedido em cedro pois sempre foi o tampo da minha preferência, mas os anos passaram e o pinho foi me encantando e a minha preferência mudou. Hoje meu Tessarin de 7 em pinho me faz feliz demais, um xodó enorme!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Também, todos são muito bons mesmo. Se o seu propósito é tocar música popular, principalmente pra acompanhamento, o Lineu é uma boa escolha. Mas uma coisa tem que ser lembrada: Não adianta você receber uma recomendação se o violão não cair legal na sua mão, então tem que experimentar. Em qual cidade você mora? Em algumas tem uma moçada que faz encontros vez ou outra pra tocar violão e pode ser que você encontre algum sete cordas para experimentar nessa leva. Outra opção seria entrar em contato com o luthier e ver se ele tem algum instrumento disponível pra você experimentar no atelier dele, caso seja acessível.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Também, todos são muito bons mesmo. Se o seu propósito é tocar música popular, principalmente pra acompanhamento, o Lineu é uma boa escolha. Mas uma coisa tem que ser lembrada: Não adianta você receber uma recomendação se o violão não cair legal na sua mão, então tem que experimentar. Em qual cidade você mora? Em algumas tem uma moçada que faz encontros vez ou outra pra tocar violão e pode ser que você encontre algum sete cordas para experimentar nessa leva. Outra opção seria entrar em contato com o luthier e ver se ele tem algum instrumento disponível pra você experimentar no atelier dele, caso seja acessível.

Moro no interior de Pernambuco, a 250km da capital Recife, fica complicado experimentar instrumentos, mas já toquei em um Lineu e gostei muito.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acrescentaria a lista supracitada:

- João Batista (Um luthier amigo do Sérgio Abreu, disse-me uma vez ser um dos mais próximos do dele)

- Sergio Barbosa (além dos vídeos do próprio Sergio, um amigo que é um dos maiores ganhadores de concurso que o Brasil já teve, disse ser dos seus prediletos rs)

- Joacir Carvalho (tenho um amigo que fez inumeras gravações e o som é maravilhoso).

-

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×