Jump to content
Sign in to follow this  
fabiano borges

Billie Jean - fingerstyle

Recommended Posts

Exatamente, Eugênio!

Na verdade, até o Sungha Jung alterou algumas coisas. Ele não segue a linha de baixo quando a melodia entra. Isso é bem difícil porque os golpes percussivos continuam. Escutei a versão do próprio Rafferty.

Treinei no nylon para não acabar com a minha unha... :)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Show!!! É o que conversava com um amigo ganhador de alguns concursos respeitáveis, que gravamos o que gostamos e não um único tipo de música engessada, sujeitos a preceitos bobos. Também gosto do Sungha Jung solo e duo nela.

Mandou bem! Músico completo.

Edited by CarlosEdu

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu cheguei a aprender a primeira parte desse arranjo e tem uma coisa que me deu bastante trabalho, mas foi uma idéia muito legal do Rafferty.

Ele faz duas notas ao mesmo tempo de um jeito bem inusitado.

Ele usa o mindinho da mão esquerda pra martelar o si na 6a corda, e usa o polegar da direita pra martelar a quinta corda sem nota nenhuma, só percussão.

Dá trabalho porque a gente aprende a sincronizar as mãos direita e esquerda atacando a mesma corda pra produzir um som.

Ele fez dois sons ao mesmo tempo "quebrando" essa sincronia, mas de um jeito mais difícil do que o normal, apesar de simples.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu cheguei a aprender a primeira parte desse arranjo e tem uma coisa que me deu bastante trabalho, mas foi uma idéia muito legal do Rafferty.

Ele faz duas notas ao mesmo tempo de um jeito bem inusitado.

Ele usa o mindinho da mão esquerda pra martelar o si na 6a corda, e usa o polegar da direita pra martelar a quinta corda sem nota nenhuma, só percussão.

Dá trabalho porque a gente aprende a sincronizar as mãos direita e esquerda atacando a mesma corda pra produzir um som.

Ele fez dois sons ao mesmo tempo "quebrando" essa sincronia, mas de um jeito mais difícil do que o normal, apesar de simples.

Exato. A questão é automatizar esses movimentos.

São as novas propostas da maneira moderna de tocar. Bom gosto, virtuosismo e musicalidade em conjunto.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...