Jump to content
Sign in to follow this  
Dr.Pacheco

Como foi seu ano violonistico de 2017?

Recommended Posts

E ai pessoal, chegado o fim de 2017, como avaliam o ano de vocês em relação ao violão, estudo de peças, de técnica de aquisição de novos instrumentos e acessórios etc?

Meu ano não foi dos melhores. Embora tenha conseguido tocar um tempo razoável, não consegui aprender algumas peças que queria (Julia Florida, Duas Contas, o Prelúdio 3 do Villa, dois estudos do sor e a super pedreira do Penezzi que é o excelente arranjo de Vou Vivendo) e nem resolver alguns problemas técnicos que tenho. Como foi muito corrido, por causa do meu mestrado, não consegui voltar a fazer aulas, infelizmente.

E vocês, como avaliam seus anos violonísticos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Foi razoável... consegui desenvolver um pouco mais a técnica no 11 cordas a ponto de ter um pouco de coragem para arranjos de música clássica. Estou também fazendo o curso de violão brasileiro com o Penezzi... gostaria de ter dedicado mais, mas é a velha história: something is better than nothing rsrs.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meu ano foi razoável considerando toda a dificuldade que eu tive com tempo. Aprendi duas peças novas, uma pedreira e uma intermediária.

A pedreira é um jazz standard, Night and Day, no arranjo de Joe Pass, deu trabalho mas eu consegui finalizar.

Aprendi também a peça "Rio Acima", de Ulisses Rocha, essa sempre esteve na lista das que eu queria aprender. Muito bonita e bem bolada.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ano totalmente proveitoso; não gravei tudo que queria, mas no ano de homenagem aos 80 anos de Baden sairam:

*Introdução ao Poema dos Olhos da Amada

*Acalanto das Nonas

*Primeiro Amor (Patapio), arranjo próprio em total homenagem ao LP de Baden "Rio das Valsas/Violão em Seresta"

Villa não ficou de fora:

Preludio 3 e Modinha (Seresta 5)

Dilermando:

*Noite de Lua

E Arr. para "Edelweiss" (filme a noviça rebelde 1965).

A chegada do violão Alhambra em Jacarandá do qual namorava a anos o som pelo Rafael Aguirre... 

 

Cuidemos bem de nosso tempo, pois é dele que a vida é feita...

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 hours ago, Eugenio said:

Meu ano foi razoável considerando toda a dificuldade que eu tive com tempo. Aprendi duas peças novas, uma pedreira e uma intermediária.

A pedreira é um jazz standard, Night and Day, no arranjo de Joe Pass, deu trabalho mas eu consegui finalizar.

Aprendi também a peça "Rio Acima", de Ulisses Rocha, essa sempre esteve na lista das que eu queria aprender. Muito bonita e bem bolada.

 

Fiquei curioso? 

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 20/12/2017 at 11:11 AM, Marcosviolao said:

Opa!!!

Esse ano produzir muitos arranjos para violão solo e, essa pedreira do Penezzi eu tirei e afinei a 7 em Si.

Ouvi a maioria de primeira mão, sensacionais e precisam ir a CD em sua maioria. Chega de Saudade tem de virar video urgente. Bye bye Brasil; aquela Dança Paraguaya de Barrios e os nacionais!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Carlos, já que você ficou curioso, o arranjo de Joe Pass (obviamente eu toco mais devagar e com erros).

A composiçao de Ulisses Rocha segue logo abaixo.

 

 

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

×