Jump to content
Sign in to follow this  
fabiano borges

Brejeiro (Ernesto Nazareth)

Recommended Posts

Caros amigos,
O vídeo de hoje é de violão brasileiro! 
Resolvi publicar uma música do grande mestre brasileiro Ernesto Nazareth aqui no canal, tendo em vista que disponibilizarei os 12 Estudos Nazarethianos para violão solo em breve. Esses estudos foram encomendados pelo pianista Alexandre Dias. A propósito, Alexandre transcreveu o Estudo Nazarethiano n.5 para o piano: https://www.youtube.com/watch?v=APAhKEadzhM
“Brejeiro” foi o primeiro tango brasileiro de Nazareth e talvez seja a música mais conhecida do compositor juntamente com “Odeon”, ambos temas muito tocados nas rodas de choro. 
Curiosamente, a música “Brejeiro” foi publicada em 1893, mesmo ano de “El Choclo”, primeiro tango argentino.
Em meu arranjo para o violão de 7 cordas, considero a versão original para piano do próprio Nazareth, elementos do arranjo do  Raphael Rabello (CD - Relendo Dilemando Reis, 1994), bem como a modulação para tom menor que Jacob do Bandolim propôs na clássica gravação do LP Vibrações (1967). 
Consultem a partitura original por meio do site Ernesto Nazareth 150 anos:
Inscreva-se no canal e acompanhe as novidades!
Abraços musicais. 
Fabiano Borges.

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 20/01/2018 at 2:13 PM, Dr.Pacheco said:

Muito bom! Principalmente o andamento. Não sei porque, muita gente adora uma correria doida nessa música.

Achei a mesma coisa, o andamento ficou excelente.

Há versões de Brejeiro e Desvairada que a sensação que eu tenho é de estar numa corrida de cavalos..rssss

Share this post


Link to post
Share on other sites

Também adorei! :thumbsup:

Senti um pouquinho de falta de um mais staccato, talvez seja o hábito de ouvir essa peça no violão tocando com staccato e pizzicato.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
16 hours ago, Dilson said:

Achei a mesma coisa, o andamento ficou excelente.

Há versões de Brejeiro e Desvairada que a sensação que eu tenho é de estar numa corrida de cavalos..rssss

O problema de Desvairada, é a capacidade "automática" que  a música tem em esbanjar um virtuosismo por parte do interprete. Pouca gente consegue se conter. Uma boa versão, é aquela do Marco Pereira no disco Valsas Brasileiras.

Share this post


Link to post
Share on other sites
On ‎20‎/‎01‎/‎2018 at 2:13 PM, Dr.Pacheco said:

Muito bom! Principalmente o andamento. Não sei porque, muita gente adora uma correria doida nessa música.

Olá, Pacheco.

Que bom que tenha apreciado.

Abraço!

Share this post


Link to post
Share on other sites
On ‎22‎/‎01‎/‎2018 at 7:29 PM, Dilson said:

Achei a mesma coisa, o andamento ficou excelente.

Há versões de Brejeiro e Desvairada que a sensação que eu tenho é de estar numa corrida de cavalos..rssss

Obrigadão, Dílson! Quanto tempo! Está em Brasília ainda?

Share this post


Link to post
Share on other sites
On ‎22‎/‎01‎/‎2018 at 10:07 PM, Eugenio said:

Também adorei! :thumbsup:

Senti um pouquinho de falta de um mais staccato, talvez seja o hábito de ouvir essa peça no violão tocando com staccato e pizzicato.

 

Muito obrigado, Eugênio!

Abraço grande.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

×